Climate Ventures e Climate Launchpad buscam ‘Bons Negócios pelo Clima’

Criado por Juliana Oliveira   |  Publicado em 23-08-2018

Climate Ventures e Climate Launchpad buscam ‘Bons Negócios pelo Clima’

Empresas, organizações, empreendedores e ativistas de todos país estão convidados para participar da 1ª Chamada Bons Negócios pelo Clima. Realizada pelo Instituto Climate Ventures Brasil e ClimateLaunchpad, a ação tem parceria com Aoka e Instituto Clima e Sociedade (ICS) e apoio da Pipe.Social, Fundação CERTI e Instituto Arapyaú. As inscrições gratuitas vão até o dia 31 de agosto.

O objetivo do programa é encontrar ideias e negócios inovadores que promovam a conservação florestal e o uso econômico dos recursos naturais do país, criando uma economia mais regenerativa (circular) e de baixo carbono. Entre os temas buscados estão soluções voltadas para:

- gestão da água: sistemas de monitoramento, aproveitamento das águas pluviais, reutilização, biodigestores, práticas sustentáveis etc.

- gestão de resíduos: todos os tipos, de moda (upcycling), a indústria pesada com reciclagem e reaproveitamento de materiais.

- alimentação: agricultura, pecuária, produção, distribuição, vertical farming etc.

- energia: geração, eficiência, distribuição, solar, eólica, bioenergia, smart grids etc.

- logística: transporte de carga ou de pessoas, mobilidade urbana etc.

- uso do Solo: agricultura, pecuária, silvicultura etc.

- florestas: recuperação, conservação, manejo, cultivo, extrativismo etc.

“Queremos reconhecer e apoiar negócios que dão lucro e fazem bem para o planeta, reduzindo os impactos ambientais e as emissões de gases de efeito estufa,” explicou Daniel Contrucci, diretor de operações da Climate Ventures, em reportagem publicada no portal WWF Brasil.

Os selecionados da chamada serão convidados a participar de uma imersão de dois dias no Ecossistema de Inovação da Fundação CERTI, em Florianópolis (SC), em outubro, onde poderão desenvolver suas soluções e pitches de negócio. Os custos de transporte para Florianópolis e estadia serão cobertos pela chamada. Dentre os finalistas, serão selecionados até três projetos por uma banca julgadora para competir na final mundial do ClimateLaunchpad 2018 em Edimburgo, na Escócia, entre os dias 1 e 2 de novembro de 2018.

Podem participar pessoas físicas ou empresas, com ou sem fins lucrativos, que que sejam um negócio de impacto ou desejem se tornar um e que tenham como missão a solução de um problema socioambiental ou a melhora da qualidade de vida e meio ambiente. Para participar da Climate Launchpad é fundamental que o empreendedor fale inglês fluentemente.

O edital completo e formulário de incrição podem ser encontrados em http://climateventures.co/chamada/